Inglês: Frequently Asked Questions

Português: Perguntas mais Frequentes

 


O que é crônica? Tipos de crônicas e cronistas brasileiros

Perguntas e respostas sobre o que é crônica e quais são os tipos de crônicas existentes? O que crônica humorística e os que elas procuram descrever?

Página Inicial / Conhecimentos Gerais

O que é crônica?

Crônica vem de uma palavra grega – chronos- que significa tempo. A crônica surgiu para contar fatos históricos em ordem cronológica, porém Fernão Lopes no século XVI deu uma nova configuração ficando mais subjetiva e explicativa e após o século XIX passou a refletir a vida social, a política, os costumes e o cotidiano, por isso ela entrou para o jornalismo e mais tarde para a literatura. A Crônica faz parte do texto narrativo baseada em fatos do cotidiano, e é um dos textos mais usados no jornalismo hoje em dia para mostrar outro ponto de vista sobre um assunto do dia a dia de forma crítica e poética para que se torne uma leitura agradável aos leitores que gostam deste gênero textual.

Quais são os tipos de crônicas existentes?

As crônicas podem ser separadas entre: Crônicas argumentativas, Crônica humorística, Crônica jornalística, Crônica histórica, Crônica descritiva, Crônica narrativa, Crônica dissertativa, Crônica poética e Crônica lírica.

Veja abaixo uma descrição de cada uma:

Argumentativa

A crônica argumentativa é um gênero textual que se utiliza das características de uma crônica e também de argumentos do autor para fundamentar seu ponto de vista. Sempre com uma linguagem subjetiva e com uma conclusão que retoma as idéias do texto para confirmar o que o autor defendeu.

Humorística

Na crônica humorística o cronista costuma escrever o texto usado também um tom irônico ou cômico dos fatos, através de um comentário ou relato curto, por isso ela se aproxima do conto, porém com um bom humor nas frases, colocando sempre um tom de humor nos acontecimentos.

Jornalística

A crônica jornalística busca interceptar um público vasto que procura uma informação completa e de maneira recreativa, pois o cronista traz para o público um tema da atualidade; política, esporte, religião ou qualquer outro tema de uma forma mais reflexiva e muitas vezes cômica dos acontecimentos.

Descritiva/ narrativas

A crônica descritiva/ narrativa é uma crônica comprometida com fatos banais do cotidiano e tem como finalidade explorar a caracterização de seres inanimados e animados, às vezes só constituída de diálogos, portanto ela pode estar em 1º ou 3ª pessoa.

Dissertativa

A crônica dissertativa mostra mais o sentimentalismo do que a racionalidade, na qual o cronista mostra sua opinião de forma explicita.

Poética ou lírica

A Crônica poética ou lírica caracteriza-se pela linguagem poética e metafórica diante dos acontecimentos sentimentais, nostálgicos da beleza da vida na cidade e que sejam significativos para o cronista.

Quem são os cronistas brasileiros mais famosos?

No Brasil os escritores cronistas que mais destacaram com suas obras são: Fernando Sabino, Luis Fernando Verissimo, Millôr Fernandes, Arnaldo Jabor, Martha Medeiros, Rubem Braga, Machado do Assis, Lima Barreto, Cronista João do Rio, Cecília Meireles, Nelson Rodrigues, Paulo Mendes Campos, Clarice Lispector, Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes

O que os cronistas procuram descrever?

Os cronistas descrevem os eventos relatados na crônica de acordo com a sua própria visão crítica dos fatos, mas de uma forma mais lírica e poética dos acontecimentos da sociedade como política, violência, futebol, temas em destaques nos noticiários, acontecimentos banais. Temas que o cronista e o leitor entendam que naquele momento aja um diálogo entre eles.

Quais são as crônicas mais famosas?

Segundo estudos podemos destacar algumas crônicas mais famosas, mas isso não implica que sejam somente elas, pois é um tema sempre estudado e conforme os estudos vão sendo feitos outras crônicas e de outras épocas poderão se agregar a lista, aqui citaremos algumas: O Cego de Ipanema, Visão do Esplendor, o Ato e o fato, A arte de Falar Mal, O Anjo Bêbado, O Conde e o Passarinho, O morro do Isolamento, A Mulher Madura, A pátria sem chuteiras, O navio Adormecido no Bosque, o Homem Nú, A cidade Vazia, O Verão e as Mulheres, Crônicas de Lélio; Comentários da Semana, Dias Lindos, o Suor e a Lágrima, etc. temos que deixar bem claro que são somente exemplos de crônicas, pois há uma variedade e uma quantidade muito grande de crônicas no mundo jornalístico e literário, então cada um deve buscar mais informações e procurar pelas que mais se identifica.

 


 
 

Veja também

 


© 2017   |   FAQ: Perguntas e Respostas Frequentes